Quero encontrar ...

quinta-feira, março 28, 2013

O PSDB não é mais uma opção: êles também não vêem os mercados


30 de Junho de 2011 às 16:58

Em minha opinião - salvo melhor juízo - creio que a social-democracia esgotou-se no Plano Diretor de Reforma do Estado, de 1995, de Bresser Pereira, e não fêz nada para reformar o sistema financeiro e produtivo para sustentar os Mercados.

Com a reforma do Estado - que é tudo o que os socialistas e sociais-democratas conseguem ver - os Mercados foram esquecidos na ação política do Govêrno e tiveram seus valôres inflacionados pelos custos da reforma do Estado sem os investimentos correspondentes e estão desalinhados com relação aos seus valôres relativos.

Com a taxa de juros estratosférica para garantir o alinhamento dos prêços de produtos e serviços - o que o Mercado teria feito com muito maior eficiência e a custos menores - os Mercados estão desalinhados em relação aos seus valôres relativos e existem Mercados que sofrem com uma taxa de juros alta e outros que acumulam riqueza maior do que seria recomendado pela saúde da economia.

Esta diferença desalinha os Mercados e permite a super-acumulação de uns Mercados e a desvalorização de outros.

Isto é creditado aos capitalistas, que por sua vez não podem fazer nada porque o Govêrno promove a intervenção na economia e gera uma deseconomia em escala, obrigando os prêços a se alinharem por cima - em vista da taxa de juros elevada - e não permitem o investimento em ampliação dos Mercados, o que seria perigoso a uma taxa de juros alta que pode aumentar ainda mais a qualquer momento e matar qualquer investimento feito.

Assim, o Estado Brasileiro fica cada vez mais caro, cada vez menos para investir e cada vez maior pressão sôbre o consumo, que não tem o investimento necessário.

É o círculo vicioso do empobrecimento com altas taxas de crédito e de dependência econômica e tecnológica dos países quaternários.

É o que dá trabalhador querer fazer o trabalho do patrão.

Embora muito do que o PSDB fêz era certo, não era o suficiente, e como os Nacionais-socialistas do PT, os sociais-democratas também não conseguem ver os Mercados e assim, realimentam o círculo vicioso da deseconomia em escala, com as melhores das intenções de ajudar, e aumentando o fôsso que se dispuseram a tapar.

Nenhum comentário: